Notícias

Dia Mundial das Redes Sociais

Escrito por Ana Heliodora Gouveia Quinta, 30 Junho 2016 10:42

No dia 30 de junho comemora-se o Dia Mundial das Redes Sociais, em todo o mundo. A data é assinalada desde de 2010 e visa celebrar ao impacto dos Social Media na sociedade, nomeadamente na influência que exercem no dia-a-dia das pessoas e das empresas.

As redes sociais são, hoje, uma das grandes atrações na Internet. Jovens, adultos e idosos utilizam estes meios para compartilhar informações pessoais e discutir ideias em torno de um mesmo interesse, de uma maneira rápida e eficiente. A utilização das redes sociais pode também alguns perigos como a exposição dos seus utilizadores e o uso da sua identidade.

Utilize as redes sociais mas em segurança.

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

   

Jean-Jacques Rousseau

Escrito por Administrator Terça, 28 Junho 2016 13:52

JEAN-JAQUES ROUSSEAU - O Bom Selvagem

Jean-Jacques Rousseau foi um dos mais considerados pensadores europeus no século XVIII. Sua obra inspirou reformas políticas e educacionais, e tornou-se, mais tarde, a base do chamado Romantismo. Formou, com Montesquieu e os liberais ingleses, o grupo de brilhantes pensadores pais da ciência política moderna. Em filosofia da educação, enalteceu a "educação natural" conforme um acordo livre entre o mestre e o aluno, levando assim o pensamento de Montaigne a uma reformulação que se tornou a diretriz das correntes pedagógicas nos séculos seguintes. Foi um dos filósofos da doutrina que ele mesmo chamou "materialismo dos sensatos", ou "teísmo", ou "religião civil". Lançou sua filosofia não somente através de escritos filosóficos formais, mas também em romances, cartas e na sua autobiografia.

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

   

Dia Nacional de Luta contra a Paramiloidose

Escrito por Ana Heliodora Gouveia Quinta, 16 Junho 2016 10:31

O Dia Nacional de Luta contra a Paramiloidose assinala-se, em Portugal, no dia 16 de junho, data do falecimento do Professor Mário Corino da Costa Andrade.

A polineuropatia amiloidótica familiar, vulgarmente conhecida como paramiloidose ou doença dos pezinhos, foi pela primeira vez descrita na população portuguesa na área da Póvoa do Varzim. É uma polineuropatia neurodegenerativa rara de transmissão genética autossómica dominante identificada e descrita pela primeira vez pelo neurologista português Mário Corino da Costa Andrade, nos anos 50 do século XX.

Esta doença rara, hereditária e incapacitante, é causada pela mutação de um gene que pode levar ao declínio irreversível da função neurológica. Transmite-se de pais para filhos, bastando a presença de um só gene mutado (em apenas um dos alelos), em qualquer dos progenitores, para a doença se manifestar.

A doença resulta da deposição nos tecidos, sobretudo nos nervos, de uma substância fibrilar altamente insolúvel designada por amiloide. As fibras de amiloide são constituídas por subunidades de uma proteína do sangue que transporta hormonas da tiroide e Vitamina A.

A doença manifesta-se inicialmente entre os 25 e 35 anos (podendo ocorrer depois dos 50 anos), nos membros inferiores, afetando a sensibilidade aos estímulos (por exemplo, térmicos) e a capacidade motora.

Trata-se de uma doença hereditária, crónica, progressiva e fatal, com evolução, em média, em 10 anos.

Estima-se que em Portugal existam cerca de 2 mil doentes com paramiloidose.

Saber mais em: http://www.paramiloidose.com/index.php

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

   

Dia Mundial do Dador de Sangue

Escrito por Luís Rúben Freitas Terça, 14 Junho 2016 09:34

alt

O Dia Mundial do Dador de Sangue é celebrado anualmente no dia 14 de junho. 

A celebração do Dia Mundial do Dador tem como objetivo aumentar a consciência da necessidade de componentes sanguíneos seguros e agradecer a todos os dadores as suas dádivas voluntárias e benévolas, assim como reconhecer a sua importância e o seu contributo em salvar vidas e em melhorar a saúde e qualidade de vida de muitos doentes.

O Dia celebra-se em 2016 com o tema "O sangue é o nosso elo comum" e com o lema "Dê sangue, partilhe vida".

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 92 milhões de pessoas dão sangue anualmente, sendo que 45% destes dadores têm menos de 25 anos e 40% são mulheres. A OMS quer expandir este universo de dadores, encorajando outras pessoas a tornarem-se dadores de sangue. A organização pretende que em 2020 as dádivas de sangue em todos os países sejam completamente benévolas e não remuneradas.

Quem pode ser dador de sangue?

Pode proceder à doação de sangue se:

  • tiver entre 18 e 65 anos de idade
  • pesar mais de 50 quilos
  • gozar de boa saúde e tenha hábitos de vida saudáveis

Onde dar sangue?

Pode dar sangue nos:

  • centros regionais de sangue do Instituto Português do Sangue em Lisboa, Porto e Coimbra;
  • locais onde se realizam colheita de sangue móveis, no seu local de trabalho, centro comercial ou na sua área de residência;
  • serviços de imunohemoterapia hospitalares.

O que fazer e o que não fazer depois de doar sangue?

  • Deve-se beber líquidos em abundância.
  • Não se pode conduzir por 30 minutos.
  • Não se pode fumar por duas horas.
  • Não se pode beber álcool por 12 horas.

 

"Doar sangue é uma prenda que salva vidas".

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

 

   

Dia mundial de consciencialização do albinismo

Escrito por Liseth Ferreira Segunda, 13 Junho 2016 11:20

Celebrado pela primeira vez em 2015, o dia foi proclamado pela ONU, para divulgar informação sobre o albinismo e para evitar a discriminação aos albinos, combatendo ao mesmo tempo a sua perseguição. Celebrar as conquistas das pessoas com albinismo é outro objetivo desta data.

O que é e o que causa o albinismo?

O albinismo é uma anomalia pigmentar que leva a uma cor de pele, de pelos e de olhos muita clara. Devido a fatores genéticos (aos genes recessivos dos pais), no albinismo ocorre a ausência total de pigmentação na pele, sistema piloso e íris. O albinismo não é considerado uma doença, mas podem surgir problemas de visão e haver mais risco de cancro da pele nos albinos.

Ambos os pais necessitam de possuir o gene do albinismo para que este seja passado aos filhos, mesmo que os pais nunca tenham mostrado essa condição.

Dados sobre o albinismo:

Cerca de uma em dezoito mil pessoas no mundo tem um tipo de albinismo. O albinismo pode afetar pessoas de todas as raças. Contudo, na África o albinismo é mais frequente e problemático. Dados da ONU mencionam que centenas de pessoas com albinismo, na sua maioria crianças, foram atacadas, mutiladas ou mortas em pelo menos 25 países africanos. Na Tanzânia, onde existe um albino em mil e quatrocentos tanzanianos, vários albinos são raptados, feridos ou mortos por feiticeiros e curandeiros, dada a crença de que os seus órgãos possuem poderes mágicos, sendo vendidos por cerca de 550 euros e utilizados em rituais.

Foi para combater estes problemas que a ONU decidiu estabelecer o Dia Mundial de Consciencialização do Albinismo.

(calendarr: 13-06-2016).

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

   

Pág. 1 de 171

telefon dinleme